Aqui em nosso baú você encontrará poesias, textos e informações dos livros de Elisa Lucinda. Fique a vontade para remexer em nosso baú e se tornar cada vez mais íntimo da poesia e, por conseguinte, de nós mesmos.

Abaixo a organização do nosso baú. Clique sobre o nome da poesia ou texto e ele abrirá. Para salvar, basta clicar com o botão direito sobre o link e depois em "salvar como..."

  Livros de poesia e contos



Contos de Vista

» Mon Animal / Um dedinho de amor / Alfredo é Gisele

/ Reluzia / Mulher é o diabo /

A Fúria da Beleza
(clique na capa para mais informações do livro)

» Antibélica / Capixabaechique / Dindinha /
Lambe Lambe / Boi tenho / A conta do sonho / Confissiones desde el camerino / Credo / Tatame / Uma lembrancinha do tempo /

 
  Coleção Amigo Oculto - Livros infantis
 

O que é o que é? Brincadeiras de adivinhação sempre fizeram parte do universo infantil. É uma forma divertida e original de se aprender algo mais. Pensando nisso, a Editora Record lança a Coleção amigo oculto: três títulos com texto de Elisa Lucinda e ilustrações de Graça Lima. Os livros são charadas sobre personagens estranhos, mas sempre presentes nas vidas de crianças e adultos. Jogos de adivinhação em forma de poesia, onde o colorido das figuras de Graça torna-os ainda mais interessantes para os pequenos.

O Órfão Famoso

O primeiro deles, O ÓRFÃO FAMOSO, conta a história de um menino solitário, pouco amado, mas do qual ninguém consegue se livrar. Um pequeno órfão que nos ensina muitas coisas. A charada a decifrar na leitura desta história é justamente qual o nome do menino. Mas é só seguir as pistas:

“Sou necessário/e na vida é impossível me evitar./Sou quem honra o seu compromisso de novamente tentar./Tenho mais um segredo,/dele você vai gostar:/Aquele irmão que falei no começo/se chama Acerto, que é onde você vai ganhar./Bem, chega de enrolar,/há muito tempo dizem de mim,/(e eu não sei quem foi que disse)/que me fazer é humano/mas persistir em mim é burrice!/Pode me pronunciar, não tenha medo./Ponha a cabeça no travesseiro olhando pra mim/e diga  baixinho bem assim: “Seu nome é Erro,/você é meu mestre, meu querubim.”



Lili, a rainha das escolhas

O segundo é LILI, A RAINHA DAS ESCOLHAS, uma menina que assusta e confunde, mas é sempre muito importante. Há até quem ache que ela é quem nos faz o que somos. Para entendê-la, é só observar o que ela diz: “ou você me leva sempre contigo/ou então vai ser sempre escravo!/Não parece,/mas quanto mais você me assumir,/maior será sua responsabilidade,/e não adianta eu ser só bandeira/tenho também que ser de verdade./ Agora, abra a portinha da gaiola do seu coração,/imagine que  eu seja um passarinho, me ponha na palma da mão/e diga pra mim:/Lili, minha LIBERDADE,/eu já te entendi, /pode sair, não vou te prender mais não!”


O Menino Inesperado

O último dos livros-charada é O MENINO INESPERADO. Um prenúncio de perigo, cuja presença pode fazer tremer. Mas andar longe dele é perigo ainda maior. Quem será? “Nunca existo/se alguém não me inventar!/Também não adianta/fingir que não é contigo,/e me deixar pra lá./Desse modo/vou te seguir/vou te impedir,/vou te prejudicar/além de te atazanar./E como uma indesejável sombra/sempre te acompanhar./Um dia você tem/que se virar/olhar pra mim,/perguntar,/me ver indagar e ao mesmo tempo responder:/Eu sou o seu MEDO,/pareço maior que você?/Você vai entender que ao me encarar/pode se curar/pode me desmanchar/posso desaparecer/pra você conhecer/minha melhor vantagem./É que nessa hora /eu me transformo/no pai da coragem.”